Informação sobre anemia, causas, sintomas e tratamento da anemia, identificando o diagnóstico de cada tipo de anemia, como anemia aplástica, falciforme, ferropriva, hemolítica auto-imune, perniciosa, megaloblástica, de Fanconi, e outras.


terça-feira, 15 de maio de 2012

Dieta e anemia

Para se evitar a anemia ferropriva é importante ter uma dieta rica em ferro, principalmente na fase de crescimento da infância e na gravidez. Mas ter uma dieta adequada é importante em qualquer fase da vida. Sabemos que a maior fonte de ferro na alimentação são as verduras “verde escuras”, tipo couve, espinafre, agrião, almeirão, brócolis, entre outras, e também as carnes vermelhas, (boi ou porco), de qualquer qualidade ou modo de preparo. Quando associamos um suco de fruta rico em vitamina C (laranja, limão, acerola, etc. ), aumenta a absorção do ferro ingerido, por isso, o suco de laranja batido com uma folha de couve é um importante aliado no tratamento da anemia ferropriva. Também vale a pena lembrar que as principais refeições como almoço e jantar não devem ser substituídas por leite, lanches, ou sanduíches.
É de fundamental importância a ingestão de verduras, legumes e frutas, desde a infância, pois é nesta fase que estamos aprimorando o nosso paladar, e a criança que cresce “comendo de tudo”, será um adulto sem dificuldades para aceitar uma grande variedade de alimentos. Por isso, ensine o seu filho a comer um pouquinho de tudo, mesmo que ele não goste, para que ele tenha uma vida adulta saudável.
Outras doenças podem ter como primeiras manifestações uma anemia, a deficiência de vitamina B12, doenças crônicas (insuficiência renal crônica; lúpus, artrite, anemias hemolíticas, entre outras), assim como também as doenças neoplásicas da medula óssea ou não, (mielodisplasias, leucemias e linfomas). Estas últimas, são as de menor incidência na população geral, mas por outro lado, apresentam uma maior repercussão no quadro clínico do paciente.
Sendo assim, sempre que houver uma suspeita de anemia, é importante consultar um médico, para que o diagnóstico e tratamento corretos sejam instituídos o quanto antes.
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL