Informação sobre anemia, causas, sintomas e tratamento da anemia, identificando o diagnóstico de cada tipo de anemia, como anemia aplástica, falciforme, ferropriva, hemolítica auto-imune, perniciosa, megaloblástica, de Fanconi, e outras.


quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Como se faz o tratamento de anemia

Quando ocorre uma anemia, a identificação da causa da deficiência é essencial, para que se possa definir o tratamento mais adequado para curar a anemia. A deficiência de ferro, especialmente se for severa é uma condição grave, e pode mesmo ser fatal. Geralmente, não pode ser superada pelo aumento da ingestão alimentar por si só. Os suplementos de ferro, juntamente com a melhoria da dieta e hábitos alimentares, práticas de higiene e saneamento adequado, desparasitação e outras soluções são quase sempre necessárias. Suplementos de ferro orais existem na forma de sulfato ferroso. A melhor forma de absorver o ferro é estando com o estômago vazio, mas muitas pessoas são incapazes de tolerar isto, e podem precisar de tomar o suplemento com alimentos. O leite e os antiácidos contendo cálcio podem interferir com a absorção de ferro e não devem ser tomados ao mesmo tempo que os suplementos de ferro. Tomar suplementos de vitamina C, ou ingerir alimentos ricos em vitamina C, ao mesmo tempo que os suplementos de ferro, pode aumentar a absorção do ferro, sendo um passo essencial para a produção de hemoglobina. Os suplementos de ferro são necessários durante a gravidez e lactação, pois a ingestão dietética normal não pode fornecer a quantidade necessária para a mãe e para o feto em crescimento. O hematócrito deve voltar ao normal após 2 meses de suplementação diária de ferro, mas os comprimidos de ferro devem ser continuado por mais 6 a 12 meses para repor os estoques de ferro do organismo, contidos principalmente na medula óssea.
Ferro por via intravenosa ou intramuscular está disponível para os pacientes, quando o ferro por via oral não é tolerado. Pessoas com anemia grave podem necessitar de transfusões de sangue, mas mesmo esta solução não deixa de ser um risco sério. Depois de um período prolongado de deficiência de ferro, um aumento repentino de ferro no sangue pode causar choque e até a morte. Durante uma anemia leve a moderada, normalmente não existem complicações. Anemia de carência nutricional, porém, pode ocorrer, por isso o acompanhamento regular de especialistas é recomendado. Pessoas anémicas podem ter um aumento da susceptibilidade à infeção.

Índice dos artigos relativos a Anemia

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL