Informação sobre anemia, causas, sintomas e tratamento da anemia, identificando o diagnóstico de cada tipo de anemia, como anemia aplástica, falciforme, ferropriva, hemolítica auto-imune, perniciosa, megaloblástica, de Fanconi, e outras.


quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Anemia falciforme

Anemia falciforme é uma anemia que acontece porque algumas pessoas não têm a hemoglobina A e, no seu lugar, produzem outra hemoglobina diferente daquela, chamada hemoglobina S. A hemoglobina S não exerce a função de oxigenar o corpo de forma satisfatória, razão pela qual tais pessoas têm sempre uma anemia que não se corrige nem com alimentação nem com ferro. Nessas pessoas, as hemácias, em vez de redondas, tomam a forma de meia lua ou foice. Essas células afoiçadas têm muita dificuldade de passar pelas veias, que levam o sangue para os órgãos, ocasionando seu entupimento e muitas dores, principalmente nos ossos.
A anemia falciforme é a doença hereditária mais comum no mundo e no Brasil. Todas as características do nosso corpo são feitas por informações que recebemos dos nossos pais por meio dos genes, que vêm no espermatozoide do pai e no óvulo da mãe. Os genes determinam, nas pessoas, a cor dos olhos, dos cabelos, da pele, a altura, etc. Com a hemoglobina não é diferente. Se uma pessoa receber, do pai, um gene com mutação para produzir a hemoglobina S e, da mãe, outro gene com a mesma característica, tal pessoa nascerá com um par de genes com a mutação e, assim, será portadora de anemia falciforme.

Prevenção de anemia falciforme

  • Diagnostico precoce da doença através do teste do pezinho
  • Pesquisar familiares que apresentem a patologia
  • Evitar exposições dos portadores da doença ao frio e calor extremo

Formas de anemia falciforme

Algumas formas de Doença Falciforme incluem:
- hemoglobina SS;
- hemoglobina SC;
- Hemoglobina Sβ0 talassemia;
- Hemoglobina Sβ + talassemia;
- hemoglobina SD;
- hemoglobina SE;

As células dos tecidos precisam de um fornecimento constante de oxigénio para funcionar devidamente. Normalmente, a hemoglobina nas células vermelhas do sangue converte o oxigénio no pulmão e leva-o a todos os tecidos do corpo.
Os glóbulos vermelhos contêm hemoglobina normal que são em forma de disco. Esta forma permite que as células sejam flexíveis de modo que podem mover-se através dos vasos sanguíneos pequenos e grandes para fornecer oxigénio.
Hemoglobina falciforme não é como a hemoglobina normal. Ela pode formar hastes rígidas dentro da célula vermelha, transformando-a em crescimento, ou forma de foice.
Células em forma de foice não são flexíveis e podem furar a parede dos vasos, causando um bloqueio que retarda ou impede o fluxo de sangue. Quando isso acontece, o oxigénio não pode atingir os tecidos circundantes.


ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL